Cape Town: Tudo que você precisa saber antes de viajar

Atualizado: 3 de ago.

Aqui na Let’s Bora a gente costuma dizer que a viagem começa muito antes de você embarcar e isso é totalmente verdade. Esse processo maravilhoso começa na escolha do destino, passa pela pesquisa sobre a cultura local, então pelo planejamento do roteiro e experiências, até enfim chegarem os incríveis dias de viagem.

Para te ajudar em todo esse processo, que a gente ama, decidimos fazer esse post compartilhando tudo que você precisa saber sobre antes de viajar para Cape Town, ou Cidade do Cabo, em português.



Clifton 4, Cidade do Cabo_ Foto Reprodução

Se você já nos acompanha por aqui ou nas redes sociais, com certeza já nos ouviu dizer que a Cidade do Cabo é uma das cidades mais bonitas do mundo, então desta vez vamos mudar o discurso e ser ainda mais sinceras: Cape Town é o paraíso na Terra. A cidade, que está localizada na província de Western Cape na África do Sul, é uma mistura de mar e montanha como dificilmente se encontra por aí, além de contar com uma infinidade de Parques e Reservas Naturais perfeitos para práticas esportivas e atividades ao ar livre.


A natureza exuberante é somada a uma estrutura urbana bem desenvolvida, o que faz com que a cidade seja considerada o centro da cena artística, criativa, musical, e da cultura jovem no país. Para complementar, a gastronomia Sul- Africana é mundialmente reconhecida e apreciada, por sua alta qualidade e pela diversidade de influências vindas da cozinha holandesa, alemã, britânica, portuguesa, indiana, e também do povo "Cape Malay", com muitas características marcantes da Indonésia.


Além disso, a região de Western Cape é responsável por praticamente toda produção de vinho do país. Os vinhos sul africanos estão entre os melhores do mundo.


É tudo o que você pode querer num destino só e muito mais!


Let’s Bora?



O que esperar da Cidade?

Cape Town é a típica cidade de praia, ou seja, uma mistura deliciosa de vida urbana e outdoor. O estilo de vida por lá é bastante descontraído, leve e democrático.

De modo geral as atividades ao ar livre como praias, trilhas, práticas esportivas, piqueniques e festivais acontecem o tempo todo, mas com muito mais frequência especialmente durante o verão.


Existe também uma grande oferta de restaurantes, lojas, baladas, galerias de arte e Museus espalhados por toda a cidade. Além disso, o centro totalmente preservado guarda elementos muito importantes da história da África do Sul e também do período do Apartheid.

Um dos aspectos que mais amamos nesse destino é justamente essa diversidade e riqueza de opções. Cape Town é para você, independente do seu estilo de vida, idade ou orçamento.



Domingo com as amigas _Foto Reprodução


O que esperar das pessoas?

Os Capetonians são pessoas extremante abertas e receptivas, que vão fazer você se sentir em casa o tempo inteiro. A Cidade do Cabo é o principal polo turístico no país e recebe gente do mundo inteiro, isso faz com os locais estejam habituados a este contato.


A cultura africana tem essa característica de ser hospitaleira e acolhedora. Quando se trata de receptividade os sul africanos são muito parecidos com os brasileiros, então você realmente vai se sentir em casa.

Espere por sorrisos imensos e constantes, muitas conversas e pessoas sempre dispostas a te ajudar a ter a melhor experiência possível na terra deles. Você pode sentir essa alegria e disposição para ajudar principalmente nos serviços de atendimento, seja em restaurantes, bares, baladas, lojas ou no meios de locomoção.




Qual o custo de vida?

O custo de vida é bem similar ao das grandes capitais do Brasil. Apesar de existir uma desvalorização da moeda local com relação a nossa, quando você converte os valores são bem similares aos daqui.

E assim como no Brasil, é possível realizar a viagem com orçamentos muito democráticos. Ou seja, é possível experimentar tudo o que você quiser, com opções para todos os tipos de bolso. É você quem decide quanto e como quer economizar ou investir um pouco mais, sem deixar de aproveitar nada.


Também podem existir pequenas diferenças de custo em regiões ou bairros diferentes, exatamente como acontece por aqui. Se você pretende fazer uma viagem econômica recomendamos calcular uma média diária de R500, o que equivale a R$170,00. Com esse valor é possível fazer 03 refeições em restaurantes legais, se locomover pela cidade de transporte público e pagar a entrada de algumas atrações como museus ou parques.


Agora se você espera um pouco mais de conforto pode considerar um gasto diário de R750, ou R$ 250,00 reais. Essa quantia permite se locomover de Uber ou Bolt, comer em restaurantes um pouco mais sofisticados, ir pra balada ou fazer alguns passeios como Cape Point.

Veja aqui que moeda levar para a África do Sul.




Chapman's Peak Drive_ Foto reprodução

Como se locomover?

Existem diversas formas de se locomover dentro da cidade ou mesmo fazer pequenas viagens para destinos próximos. A primeira delas são os aplicativos de mobilidade, lá existem Uber e Bolt, que é aplicativo local concorrente. Essa é uma opção segura e consideravelmente barata, também com valores bem similares aos praticados aqui no Brasil.


Lá também existem taxis tradicionais, mas como em vários lugares do mundo, melhor combinar o preço antes de começar a viagem.

Eles também chamam de Taxi ou Crazy Bus uma espécie de Van, que faz rotas pré determinadas, sem pontos específicos, podendo pegar ou deixar passageiros em qualquer parte do percurso. São mais usadas pelos locais. e muito conhecidas por oferecerem uma viagem bem rápida e emocionante. Vale muito a experiência.


Já o transporte coletivo principal é o My Citi Bus, que é composto por diversas linhas de ônibus circulares que cobrem diversas as regiões da cidade. Neste caso você pode comprar um cartão pré-pago e recarrega-lo com o valor que desejar usar, o preço aproximado por viagem é de R$6,00, os preços variam de acordo com a duração e distância da viagem.

Caso você queira mais liberdade e exclusividade, você pode alugar um carro durante a sua estadia por lá e experimentar como é dirigir na mão inglesa. Ou então, você pode ainda contratar guias/motoristas com carro para passeios específicos de maior distância e duração.



Onde ficar?

Existem diversas opções de lugares para ficar em Cape Town, mas temos a nossa lista de preferidos e vamos compartilhar com você.


Sea Point e Green Point são os queridinhos dos turistas. Além de ser muito segura, essa é uma região de orla, com diversas facilidades como bares, restaurantes, supermercados, farmácias e uma das principais atrações da cidade, o Waterfront. Camp’s Bay é a opção preferida daqueles que querem investir um pouco mais para ter uma experiência premium. Aqui é possível encontrar hotéis luxuosos, restaurantes renomados, beach clubs e belíssimas casas para locação temporária.


Gardens e Woodstock são bairros que ficam numa região mais central e podem ser considerados os bairros mais cools da cidade. Além de estar em uma excelente localização, oferecem diversas opções de lazer e entretenimento, como o The Neighbourgoods Market no Old Biscuit Mill aos sábados, além de ser o pico da galera por lá.


City Bowl também oferece diversas opções de hospedagem e costuma apresentar melhores preços com relação aos bairros anteriores. Todavia é importante ficar atento à segurança, especialmente a noite.


Residencia Estudantil_ Foto Ec English School

Qual melhor tipo de hospedagem?

Existem diversas opções. Você pode escolher aquela que mais se adequa ao seu estilo de viagem ou ao seu planejamento financeiro.


Uma das opções mais econômicas são os Hostels. Por se tratar de uma cidade turística com forte presença jovem, é bem comum encontrar inúmeras opções nesta categoria de hospedagem. Geralmente são mais baratas e costumam estar localizadas em bairros mais badalados ou com maior facilidade de locomoção. Nos indicamos o Never@Home, em Green Point e o Once in Cape Town, no Gardens.


Se você busca uma opção mais confortável, mas ainda assim com preço justo, a locação no Airbnb é uma excelente estratégia. Você vai encontrar opções em todos os bairros e para todos os bolsos.

Para quem busca uma experiência completa e com maior conforto, existem diversas opções de hotéis e complexos hoteleiros, que vão fazer a sua viagem ainda mais inesquecível. Muitas das maiores redes de hotéis do mundo, como Marriott e Radisson têm opções no Waterfront. Destaque aqui para o The Silo Hotel que tem uma arquitetura incrível (o banheiro é um dos mais instagramáveis do mundo) e fica no mesmo prédio do Museu de Arte Contemporânea de Cape Town, o Zeitz Mocaa.


Agora se você está pensando em fazer intercâmbio, existem opções exclusivas para estudantes como Casa de família e Residência estudantil, que vão enriquecer ainda mais seu intercâmbio. Se você quiser saber mais, leia o nosso post sobre 5 motivos para estudar inglês na África do Sul.


Quando ir?

A alta temporada para atividades outdoor e para curtir a cidade acontece de dezembro a fevereiro, quando também é verão na África do Sul, nesta época a Cidade costuma receber diversos turistas vindos do próprio país e também turistas internacionais. Nesta época acontecem diversos eventos e programações especiais de verão, mas os custos da viagem também costumam aumentar um pouco no período, como acontece em qualquer alta temporada.


A alta temporada para safáris e observação de animais, como baleias acontece entre julho e setembro, quando as temperaturas caem bastante, a vegetação está mais escassa e a visibilidade aumenta. É também no mês de agosto que se inicia a temporada das flores, quanto os parques nacionais ficam cobertos de flores de todas as cores.


Nas estações intermediárias o clima fica ameno e é possível curtir a vida ao ar livre e também a vida urbana, com investimento justo.



Sunday Sunsets no La Parada Constância_ Foto Reprodução


O que fazer por lá?

Bom, como já falamos existem infinitas possibilidades e muitas experiências incríveis para você experimentar em Cape Town.


As listas tradicionais, no estilo 10 coisas para fazer em Cape Town vão te dizer para subir a Table Montauin de Cable Car, Pegar uma praia em Camp’s Bay ou Cliffton 4, fazer um Pic-Nic no Kirstenbosch Botanical Garden, Visitar o Distric 6 Museum e a Roben Island, conhecer as Vinícolas de Stellenbosch, pegar a estrada até Cape Point e óbvio, fazer um Safari.


Todas essas experiências são mesmo inesquecíveis e fazem parte da identidade de Cape Town. Mas nós acreditamos que a sua viagem é sua e deve ser exclusiva para você, com experiências que possam ir muito além dos roteiros turísticos padronizados.


Por isso aqui na Let’s Bora os nossos conteúdos, roteiros e experiências começam a partir do viajante, ou seja, uma vez que conhecemos você, nós te conectados com as melhores experiências para o seu estilo de vida e viagem.


Quer saber mais? Clica aqui e escolhe o perfil com o qual você mais se identifica, depois disso a gente bate um papo e te ajuda a viver a melhor viagem da sua vida.


E ai Bora?

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo